junho 2010


O review de hoje é do jogo mais recente da série Metal Gear Solid, o afamado Peace Walker. Embora o jogo seja aclamado por diversos “críticos” e “fãs” afora, ele é razoávelmente medíocre e aqui está porque.

História 0/10:

Snake enfrentando uma cobra fantasma em Metal Gear Solid 3.

O Jogo conta a história de Solid Snake, que após derrotar Revolver Liquid em Metal Gear Solid 4, resolve montar uma companhia militar com seu amigo, Liquid Bom. Liquid Bom é o irmão bom do Liquid Snake que era o vilão do Metal Gear Solid original, o que explica eles serem parecidos. Eles são contratados por uma loli e um ciborgue para invadir a República Dominicana e ajudar a guerrilha de Fidel Castro á tomar o poder.  Lá eles raptam diversos soldados para se juntar ao grupo de guerrilha, mas encontram a resistência do FBI liderado pelo Hitman Assassino 47 velho.

Ele ainda tem a tatuagem na careca.

Hitman velho sequestrou Otacon, aleijou ele e o forçou a criar Metal Gears Peaces Walkers, que são superiores á Metal Gears comuns por serem feitos de adamantium. 4 deles foram criados: Tanque pequeno, Voador, Tanque grandão e bicho de quatro pernas, todos eles com uma falha estrutural que é a porra de um cilíndro gigante onde fica o piloto. Snake fácilmente derrota os quatro, impede que Hitman velho lance um míssil nuclear na Rússia e se revela como Che Guevara, se tornando ministro da agricultura cubana.

Como podem ver, isso é uma obra de propaganda dos japoneses para induzir nossas mentes a perverter a moral e a família e nos submeter ao jugo do cumunismo, o que vai contra a lei de jeesus.

Outra crítica vai para o fato de Snake Guevara enfrentar tiranossauros em missões aleatórias do jogo. É ridículo acreditar que o governo americano tenha dragões dinossauros capazes de soltar lasers da cauda. Por favor Kojima!

Isso é estúpido, os dinossauros são uma invenção dos evolucionistas.

Jogabilidade 0/10:

A jogabilidade é outro ponto fraco do jogo. Ao invés de usar mecânicas de primeira pessoa como vários outros jogos de ação, EMS insiste em utilizar uma mistura de terceira com primeira pessoa, além de fazer Snake ser um personagem muito frágil. Ora, ao invés de ser um fodão como eu acreditava, ele caiu com apenas algumas rajadas de metralhadora ao investir contra um bando de soldados! Como a Konami acha que vou poder avançar? Me escondendo deles? Sem falar que eu ainda recebo pontos negativos por matar guardas e inimigos, uma baboseira extremamente hippie que não é adotada em jogos de verdade como Half-Life e Gears of War. E pior, metade do jogo é de cutscenes, e não o tipo de ação desenfreada que se espera de um jogo de verdade.

Nota Final 0/10:

Finalmente, EMS é um jogo terrível, assim como outros de sua série

Anúncios

TURQUIA E BÓSNIA BICHAS! SÉRVIA INVENCÍVEL!

SÉRVIA MELHOR PAÍS! SÉRVIA FORTE! SÉRVIA FAZ MIL DIARRÉIAS NA BANDEIRA DA BÓSNIA.

SÉRVIA TEM MÚSICA FORTE! ACORDEÃO PARA HERÓI RADOVAN KARAZDIC QUE OCIDENTE SATÃ GRANDE DIZ SER AÇOUGUEIRO!

SÉRVIA FAZ REMIXES DE MÚSICA FORTES!

PERSONAGENS DE TOUHOU SÃO SOLDADOS DA GLORIOSA SÉRVIA

SE VOCÊ NÃO GOSTOU DESSE POST VOCÊ É UM TURCO ALBANÊS CROATA JUDEU MONTENEGRINO TURCO MUÇULMANO CATÓLICO IMUNDO! VOCÊ NUNCA IRÁ PEGAR CAVALOS E LAMA DA SÉRVIA! AK-47!!!111 TUPAC VIVO NA SÉRVIA, ELE FAZ ALBUNS!

Bom deus, essa música ridícula, essas vozes ridículas, esses efeitos especiais, esse gordo barbudo marmanjão com os pirralhos. Vergonha de ser pokéfag nessa hora.

Uma das leis mais conhecidas quando se lida na internet é aquela que 90% de tudo que existe é merda. E se existe um lugar onde essa lei se aplica é no site Deviantart. Criado para ser um lugar onde “artistas” divididam suas “artes” para o mundo, o Deviantart acabou por se tornar um dos maiores campos de reprodução do drama que existe. É uma terra de ninguém, onde o talento é raro, o ego é abundante e o lulz afluente.

Tão fácil que até um retardado pode (e vai) fazer!

Enquanto faculdades, galerias e outros ambientes artísticos requerem coisas fúteis como talento, esforço, gramática boa, ego menor que um planeta, o TARTistas não tem tais restrições, agraciando-nos com obras primas como as a seguir.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

AVISO: NÃO SÓ O QUE VEM A SEGUIR NÃO É RECOMENDADO Á MENORES DE 18 ANOS COMO TAMBÉM É O PONTO SEM RETORNO. ABANDONAI TODA A ESPERANÇA AQUELE QUE ENTRA AQUI. QUE OS DEUSES ME PERDOEM.

ESTOU FALANDO SÉRIO, VOCÊ NÃO VAI QUERER VER ISSO.

SÉRIO? OK, NÃO DIGA QUE EU NÃO AVISEI.

MAS

QUE

MERDA

EU

ESTOU

VENDO

PUTA

QUE

PARIU.

BEM VINDOS A INTERNET. APROVEITE A PORRA DE SUA ESTADIA, PORQUE SÓ VAI FICAR PIOR A PARTIR DE AGORA. E se você ainda quer entrar mais fundo na toca do coelho, bem, eu já mostrei o que é a ponta do iceberg.

http://www.deviantart.com/

Agora com licença que eu preciso dar um bom e velho banho de salmoura nos olhos. Mechastalin out.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

O jogo existe! Que os deuses nos perdoem!

E para comemorar o fato que nossa fraca seleção conseguiu sobreviver o horror que são os ciborgues coreanos, o review de hoje será sobre o filme de terror com a premissa mais hilária que existiu na face da terra: A centopéia humana.

O Trailer dá uma idéia do que é o filme mais lulzístico da face da terra. Sério, não se pode ter uma história melhor que um cirurgião alemão muito maroto sequestrando turistas, cortando seus tendões para que não fujam e fazendo uma experiência bizarra para conectar os cus e bocas dos coitados para formar uma abominação da natureza. Embora não consiga ultrapassar Saló, ele definitivamente passa Caligula em nível de filme mais doente feito nos últimos anos, com efeitos especiais e diálogo que conseguem passar a sensação do que é comer o que outra pessoa está cagando na sua boca toda hora. E a melhor parte? O diretor está fazendo uma continuação que de acordo com ele, faz o primeiro filme parecer a porra de “Meu Pequeno Pônei”. É só aguardar com horror o que isso significa.

Ah, e tem um jogo bem retardado da foto em cima.

CORÉIA MELHOR PAÍS É!

Hoje é o primeiro jogo da seleção favorita da copa do mundo, uma seleção cuja garra de vencer e treinamento ultrapassam todos os outros competidores. Essa seleção é a GLORIOSA SELEÇÃO NACIONALISTA DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULAR DA CORÉIA. Selecionados pelo grande líder Kim-Jong Il, os jogadores coreanos foram treinados em bunkers espalhados no subterrâneo de Pyongyang desde o final da guerra que dividiu o país em dois. Além disso, o programa nuclear coreano foi criado com o intuito de transforma-los em super deuses do futebol, injetando suas veias com urânio enriquecido na esperança de que se repita o caso de Bong Wee-Dong, superpatinador radioativo que arrasou nas olímpiadas de 1976 em Montreal. Literalmente. Bong ficou furioso ao ver que sua pirueta tripla não recebeu a pontuação máxima e acabou se transformando em um monstro verde musculoso, matando 12 pessoas antes de ser metralhado pela polícia montada canadense. Kim Il-Sung, o então ditador do país resolveu eliminar com o programa de esteróides nucleares até 1992, data de sua morte. Seu filho, Kim Jong-Il não teve os mesmos escrúpulos e recomeçou os testes esportivos nucleares assim como a criação de membros ciborgues para atletas coreanos.

"Esses polcos ocidentais velão o que é tlollagem!"

Agora eu faço uma oração silenciosa aos deuses do multiverso para que protejam a seleção brasileira do horror que é Hong Young Joe capitão do time norte coreano e superciborgue nuclear comunista armado com pernas feitas de adamantium e um sistema de mira de gols retirado de um caça MiG. Ele não conhece misericórdia, ele não nos dará ela.

NÓS SOMOS CORÉIA. RESISTIR É INÚTIL.

Próxima Página »