maio 2010


Psyclon é um dos mais bizarros brasileiros nas internetes. Um fascista gordo otacú de merda que expele suas flatulências mentais pelas internets e levanta ódio, desprezo e ridículo. As primeiras aventuras dele no orkut são documentadas na imagem a seguir:

Após ser expulso de qualquer lugar onde ele ia, Psyclon rumou para o único lugar com gente tão imbecil quanto ele, o 55chan. Infelizmente eles se mostraram pouco tolerantes com a veadagem dele, que no começo se consistia em ficar postando gigantescos copicolas misóginos em que ele dizia querer matar “piranhas e depósitos de porra” e postando com o único personagem fictício que encarnava a jorgice dele, o Michael Myers da série Halloween.

Mimimi mulheres, pretos e esquerdistas fodem o planeta, o japão é o país perfeito.

Alguns teóricos /b/astardos afirmaram que Myersfag seria a outra face do Sakurafag, um imbecil que spammeava o 55chan com fotos da xakurinha de Sakura Card Captors. Embora isso seja plausível pelo fato de Psyclon ser um weeaboo maldito. Atualmente o Psytoré abandonou o chan, mas continua postando de vez em quando o blog cânceroso dele onde ele continua á ragear contra tudo e todos. Ele também foi inscrito por trolls no concurso ridículo da capricho, e embora não tenha conseguido a façanha do Lord Eternal de chegar em primeiro antes de ser deletado, muitos lulz foram obtidos das pirralhas que ficaram indignadas com o perfil dele.

http://twitter.com/psycl0n-Twitter dele.

http://www.diariotroll.com/wordpress/-Blog imbecil dele. Trollem até o oblívio!

Anúncios

O câncer tem um novo nome.

Ontem eu postei sobre o 55chan, causando um grande butthurt entre os anões que eu mandei o link. Eles ficaram com raivinha, tudo bem. Mas nada causou tão rage quanto o meme retardado mais forçado do Brasil, o maldito Dogola.

Johnny Little Chicken Legs fazendo planos malignos com Varg Vikernes. E puta merda, que nome cânceroso anão sucrilhos, não?

Originalmente um image macro de um cachorro retardado com um sorriso retardado, ele foi encontrado por João Antônio Cardoso, um gordo de merda cuja mãe vendia coxinhas e sexo fácil na rodoviária e ficou famoso ao visitar uma fábrica de picolés na Ana Maria Braga. Johnny Little Chicken Legs, como ficou conhecido após o incidente, resolveu alcançar o estrelato ao juntar um bando de amiguinhos rsrsrs para fazer o máximo possível de montagens com o maldito dogola e ficar spammeando o /b/. Embora recebido com diversos sages e xingamentos, o /b/ apenas fez uma vista grossa, talvez porque um newfag a mais ou a menos não faria diferença em tal situação lamentável. Isso porém mudou. Os dogolafags resolveram avançar de forma mais agressiva, tentando derrubar o servidor e cometendo a pior ofensa de todas, roubaram o post 900000, um GET de altíssima importância. Aí a merda ficou séria.

É HORA DO ESTUPRO!

Os anões declararam guerra, e rápidamente conseguiram arranjar o nome, endereço e outras informações a partir do Whois do blog do Dogola, e foderam ele bonito. Após a vigésima pizza enviada pra ele pelos trolls, o Dogolafag pediu arrego e embora seu blog de merda ainda esteja vivo, o 55chan não ouviu falar mais dele. Ainda assim, “João”,  “Coxinha” e “Dogola” foram colocadas para sempre na lista negra e são motivos de banimento imediato.

Mascotes falhos para um chan falho.

O 55chan é um clone barato do 4chan criado em /1997/ pelo conhecido rabino zoófilo Konrad Scorciapino. Konrad o kchorro buscava dar aos BRBRBR um lugar onde eles podessem fazer suas macaquices sem que os gringos começassem a reclamar, porque sinceramente, brasileiro em comunidade da internet é o ó, haja vista a invasão do FORO DE SÃO PAULO, digo, Orkut, que foi totalmente devorado pelas hordas famintas.

Memes:

A thread mais win do 55. Não que isso signifique muito.

O 55chan começou completamente cheio de memes roubados do 4chan, apenas traduzindo nomes para forçar merdas como FODE SIM REI MARINHO, mas logo começou a ter seus próprios, como o “VAI COMPRAR PÃO FILHO DA PUTA”, a lenda do Trollxista e é claro, Dogola, a foto mais amada do /b/ que você deve ir lá e ficar forçando pra caralho, seu gordo amante de coxinhas.

Habitantes do /b/

Quando três pessoas caem nessa dá pra saber que tem algo de errado com o nível mental de um lugar. E nem vou mencionar o outro dia que o /b/ foi longe demais.

O /b/ do 55chan é um antro de pessoas adoráveis, como o cara que torturava a coridora do aquário dele, o pirado que tentou ser um vigilante vestido de batman, os pasqualefags que caçam erros de gramática como cachorros, o cara que sempre, sempre, sempre posta uma screenshot de anime falando “bom dia, /b/”, e é claro, os metalfags, os sulistas que se dizem descendentes dos mais puros arianos e odeiam qualquer nordestino inferior e diversos fodões que aparentemente fazem parte do exército ou polícia e falam que vão te encher de porrada se contrariar eles online.

Típico "fodão". MBEIJA.

Butthurt.

TODO TÓPICO. SEMPRE SAGES.

Outra coisa interessante no 55chan, principalmente no /b/, é que eles são extremamente butthurts com tudo.  Seja com a vida ruim e a falha deles (Essa última é mais no /mimimi/…), seja com os newfags e o “câncer da tarde”, seja com o pessoal que viola a regra 1 e 2 (Tipo o Estadão que foi recentemente alvo de uma raid falha e… eu!), seja com jogos cheios de jorgice contra jogos de carismalol no /jo/, seja com olavetes contra esquerdistas de quarto no /pol/ e /pseudo/, sempre tem veadinhos reclamando de tudo naquela merda. E eles sempre ameaçam raids com hurr anão é legiaum. Por favor, o único win do antigo /a/, o board de invasões, foi pegar os resultados do ENEM. Foi épico, foi, mas o resto foi uma merda.

Ah, e para terminar.

Vocês foram trollados.

O Michelangelo de nosso tempo.

Segunda-feira postei fazendo uma introdução da falha viva que é Chris Chan, e o quartreview de hoje é dedicado á magnum opus do gordo autista, o legendário gibi SONICHU, infame na internet por diversos motivos.

O começo:

Porra, nem o Justiceiro atiraria nos joelhos de um cara desarmado. Que tipo de heroísmo é esse?

Sonichu foi criado em 2005 como uma tentativa de Chris de arranjar buceta. Estou falando sério, ele acha que isso vai ajudar ele á perder a virgindade. A história começa com um Pikachu observando uma batalha épica entre Sonic contra o chefão escroto de Sonic Advenuture 1. Durante a pancadaria, os dois se chocam e devido ao fato de Sonic estar carregado com “energia caótica do arcoíris” ou uma merda dessas, o Pikachu acaba sofrendo uma mutação horripliante e acaba se transformando na abominação que é Sonichu. A radiação gay restante acaba transformando um Raichu (Macho, porque  Chris desenhou ele com a cauda pontuda, o que é sinal de cromossomo Y de acordo com os jogos de Pokémon lolololol) em Rosechu, um clone retardado da namorada de Sonic. Aparentemente outros bilhares de Sonichus também foram criados fora da tela e mandados para o passado ou outra baboseira dessas. O começo do gibi trata de Sonichu enfrentando inimigos retardados ou coisa dessas, porque logo ele se torna um personagem inútil diante após ter o espaço roubado pelo magnífico CHRIS CHAN. Sim, ele se inseriu na história e acabou virando o personagem principal.

EGOMANIA:

Note que ele está tratando o aniversário dele como uma data importante para a humanidade. Isso dá uma noção do ego dele.

A partir daí a “história” de Sonichu virou algo bem mais bizarro. Chris Chan, prefeito (Ou Ditador absolutista e vagabundo de acordo com certas interpretações) da República Democrática do Povo de CWCville, descendente da tribo “Cherokiana” de “Índios BRANCOS” inimigos da tribo “Wasabi” (Sim, como o tempero de Sushi) e um maldito deus vivo, uma vez que ele é práticamente invencível no mundinho dele, capaz de soltar “Maldição-ha-me-has”, usar poderes psíquicos, acessar os poderes de qualquer Sonichu existente, invocar cartas de Yu-Gi-Oh e se transformar na porra de um Furry ainda mais apelão. Ainda assim, ele ainda não conseguiu arranjar buceta. ELE-Ó-ELE. Pior, a maioria dos vilões são pessoas que sacanearam ele na vida real, como diversos trolls, a reitora que expulsou ele da faculdade vagabunda que ele fazia, os autores da paródia Asperchu, os diversos policiais, seguranças e gerentes que o expulsaram de lojas por ele ser um gordo chato e o Conde Graduon, a personificação da falha dele de passar da faculdade.

“Arte:”

O único jeito de saber que o Chris está copiando um desenho é quando a qualidade pula de merda para medíocre.

Chamar Sonichu de arte lixosa é um insulto á arte lixosa. Diabos, um gibi do Liefeld parece a maldita Mona Lisa comparado. Primeiro! Chris usa COMIC SANS, a pior fonte do mundo, o que deixa seus erros de gramática ainda mais agravantes. Segundo! O gibi é desenhado com lápiseira e colorido com giz de cera, porque nem mesmo o fanzine mais vagabundo é feito dessa maneira. Terceiro!  Os personagens são desenhados de forma horrível, com proporções anti-naturais e formatos que mostram que foram desenhados na pressa. E por último! Há diversas páginas em que foi comprovado que o Chris passou a porra do lápis por cima de outras obras, o famoso tracing.

Eu sou um masoquista, onde posso ler essa afronta?

Eu não sei o que é melhor, o negão falando que o distintivo de madeira dele "foi delicioso" ou a placa "Virginia é para virgens".

Para um remake de Sonichu feito com arte que presta feito por uma Brasileira, clique aqui.

Para os audiobooks, uma versão narrada do gibi com quantidades absurdas de lulz e sarcasmo, clique aqui.

Para os quadrinhos originais, que NÃO SÃO RECOMENDADOS PARA MENORES DE 18 ANOS E PESSOAS COM MENTES FRÁGEIS, clique aqui.

O gordo mais famoso da ficção, e uma representação verdadeira dessa escória.

Whee, estreando mais uma categoria de posts, desta vez tratando do pior que a humanidade tem a oferecer. E hoje começamos com um dos mais repulsivos. Gordos. Milhares de anos atrás, a humanidade lutava para sobreviver cada maldito dia contra tigres, mamutes e outros predadores. Nesse contexto, a evolução nos ajudou permitindo que absorvessemos grandes quantidades de calorias para nos manter energizados e permitir que as pessoas pudesem passar um bom tempo sem precisar se alimentar. Com o tempo, essa necessidade se tornou fútil quando o advento da agricultura e do adestramento de animais tirou a necessidade das pessoas de ter de se sujeitar a caçar ou colher alimento. E isso nos leva ao nascimento da obesidade.

Por quê eles são um cancro?

Higiene:

Apenas um um chocolate a mais...

Gordos  são conhecidos por serem pessoas imundas. Entre suas banhas se acumulam todos os dias centenas de pedaços de comida semi digerida em decomposição, sem contar no fato que eles suam pra caralho, fazendo com que um gordo ao meio dia pareça uma galinha coberta de óleo com um fedor que faz um cadáver devorado por urubus parecer um maldito talco de bebê.

Inutilidade.

Genética não dá os colhões para fazer uma maldita dieta.

Ao contrário de aleijados, doentes mentais e pessoas com distúrbios piores, gordos não tem nada para culpar pelo fato de eles serem ineficientes e inúteis em quase todo tipo de trabalho. Até mesmo programador de UNIX, a profissão com o maior número de gordos, sofre pelo fato dos teclados serem pequenos demais para as salsichas repulsivas que gordos chamam de dedos. Gordos não podem realizar trabalhos físicos, difícilmente fazem trabalhos mentais direito e pela higiene mencionada anteriormente dificilmente conseguem trabalhos sociais. Ainda assim, eles conseguem pagar meia tonelada de cheetos ou coxinhas com o seguro desemprego.

Gordice.

O motivo mais contumaz para o ódio aos gordos. Gordos frequentemente cometem o ato da gordice. Gordice é a gigantesca aura de falha que ronda aqueles pesados o suficiente para ter um próprio campo gravitacional. Normalmente eles tentam dar uma de engraçadinhos, querendo justificar que o fato de eles serem desajeitados como um hipopótamo drogado é uma tentativa ridícula de comédia, mas mal sabem eles é que as risadas são da pateticidade desses depósitos de banha.

Próxima terça trataremos de mais pessoas horríveis. Até lá.

Semana passada tratamos de Ulillillia, um homem obcecado de forma doentia por jogos que possui sérios distúrbios mentais mas é uma pessoa decente. O ser que trataremos hoje não é nada disso. Cavalheiros, eu lhes apresento a escória da humanidade, Christian Weston Chandler.

A falha poderosa é nesse homem.

Quem diabos é esse cara?
Chris é o homem mais trollado da internet.  Milhares de pessoas do mundo se uniram para sacanear essa patética desculpa de ser humano, rindo de sua estupidez como um homem ri de um macaco sendo chicoteado e obrigado a fazer malabarismo. Mas antes que você faça uma interjeição á favor dele, saiba que CWC merece tudo que acontece com ele. Por quê? Porque ele é um ladrão, um racista, um homofóbico, um anti-semita, um sexista, um boçal, um porco, uma baleia, um retardado, um narcisista, um tarado, um insano, um virgem e um egoísta. Se você for um homem hétero, ele te odeia por “roubar mulheres dele”. Se você for um homem gay, ele te odeia por causa da versão distorcida de cristianismo que Chris pratica. Se você for uma mulher gay, ele te odeia por não ser uma vadia que quer fazer sexo com ele. E se você for uma mulher hétero, cuidado, pois as chances de ele tentar lhe molestar são altíssimas. A não ser que você seja “escurinha”.

ORIGEM DA FAMA:

Se esse for o último legado da humanidade para civilizações alienígenas, então estamos ferrados.

Chris ficou conhecido quando nossos amigos do /v/, o fórum de videogames do 4chan, encontrou sua obra prima, Sonichu. Considerado por vários a epítome de tudo que há de ruim em quadrinhos da internet, essa… abominação contém personagens roubados (O protagonista é a porra de uma fusão entre SONIC E PIKACHU, pelo amor de deus!), piadas roubadas, uma história horrível, falta de personalidades, arte horrível e hilariedade não intencional devido ao fato de Chris misturar fatos da vida real horripilante dele na história. Um dos /v/irgens então resolveu fazer uma brincadeira, desenhando paródias e um desenho do Sonichu fodendo Christian por trás e mandando para o CWC . A resposta foi… inesperada. Chris detestou o desenho que continha sexo anal e pediu que ao invés disso, FIZESSE UM DESENHO DE SONICHU FODENDO ROSECHU (Uma fusão grotesca da namorada do Sonic, Amy Rose, com um Raichu.) OU ROSECHU MASTURBANDO-SE. Chris ainda se lembrou de desenhar ele e Sonichu com cara de raiva para mostrar a ênfase da raiva que ele está sentindo.  Foi assim, descobrindo o lado mais sombrio da alma de CWC, que as sagas iriam começar, mas isso fica para outra ocasião…

ELE. Ó. ELE.

Próxima segunda, a primeira parte das sagas de Chris contra os malditos trolls sujos, e na quartreview da semana que vem trataremos da abominação que é Sonichu.

Parece que um Youtuber que supostamente é o compositor das músicas de Mario Galaxy 2 upou uma porrada de músicas do jogo ontem. Sobre elas… Caramba, eu já ia jogar pelo fato do jogo ter um remake da Whomp Fortress, e essas músicas LINDAS fizeram o resto. Faltam apenas umas semanas!

Profile do cara.

Fonte: Kotaku.

Próxima Página »